7 de dezembro de 2009

Presente de natal...


Final do ano sempre nos reserva algumas boas surpresas. Geralmente, aquilo que nem esperávamos mais que acontecesse. Foi mais ou menos isto que houve comigo, semana passada. Ganhei um emprego novo do bom velhinho, rs! Devo ter me comportado bem durante o ano...

Brincadeiras a parte, tive meus méritos, embora não esteja certa ainda de quais tenham sido eles, rs. Mas o fato é que passei no processo seletivo e estou dentro. Mesmo não acreditando que ainda ligariam para mim, pela demora da resposta. Em poucos dias começo o treinamento e estarei em meio a novos colegas de trabalho e atuando em outra área, realizando novas tarefas. Estou ansiosa por iniciar mais uma etapa. Sei que vai significar crescimento profissional e que vou adquirir mais conhecimento. Além de uma realização pessoal por saber que aos pouquinhos estarei subindo mais um degrau na escadinha do meu sucesso. Triste por fechar outro ciclo em minha vida e ter que deixar de conviver diariamente com pessoas que me ensinaram que a ascensão profissional e financeira nem sempre são mais compensadoras do que a amizade que se cria, o laço de afinidade e companheirismo que é feito.

Pela última vez hoje, estarei reclamando das mesmas incompreensões dos chefes, do trabalho demasiado ou a falta dele, farei as mesmas ações que diariamente fazia como bater o ponto, marcar um 10 na cozinha, dar uma voltinha na secretaria e desfrutar da cia. dos meus colegas tão queridos e amados por mim. Implicâncias, brincadeiras, brigas, lanchinhos , almoços fora, confraternizações e comemorações. Dentro de algumas horas tudo isto fará parte do hall de minhas lembranças e irá para as páginas do livro de minha vida como as melhores experiências que tive. Apesar dos pesares, posso dizer que a Nesa foi uma escola para mim, em todos os sentidos. Profissional, pois aqui se aprende de tudo um pouco e você se torna uma pessoa versátil, mas principalmente pessoal, por ter que trabalhar seus limites, conviver com pessoas completamente diferentes de você e passar por todos os tipos de situações que te impulsionam a fazer frente com você mesmo em ações e pensamentos, valores e objetivos.

Não tenho grandes coisas na empresa a recolhê-las e colocar tudo dentro de uma caixinha como fazem nos filmes. De concreto possuo muito pouco... não mais que uma jaqueta utilizada nos dias mais frios na engenharia por conta do ar-condicionado e um enfeite dado a mim pelos meus afilhados no meu niver. Mas de abstrato há muito que guardar: sorrisos, conversas, apoio, compreensão, carinho, amizade, revoltas coletivas, lealdade, brincadeiras.

Hoje sou muito feliz por olhar para trás e ver as conquistas que adquiri. E principalmente os amigos que fiz. Fico boba quando recebo não só palavras de elogio, mas de satisfação pela minha pessoa. E, aqui, não tenho dúvidas: somos todos essenciais um para o outro!

Dá medo pela mudança de planos. Dá medo pelo desconhecido à frente. Dá medo do possível arrependimento que pode bater à porta. Dá medo por eu mesma não satisfazer minhas expectativas e me frustrar. Mas dá medo, realmente, de não andar! De o tempo passar e nada acontecer. Do acúmulo dos anos e eu, nada ser como gostaria.

Bom, de qualquer maneira, devo ter sido boa menina este ano. Para Papai Noel me dar este presente maravilhoso. Ou, como dizem, pode ser minha vibração e pensamento positivo trabalhando a meu favor. Seja como for, tudo que venha neste sentido de acrescentar, que seja muito bem vindo! Só me resta aguardar as cenas dos próximos capítulos e esperar que nem tudo nesta nossa vida seja passageiro. Tem pessoas, momentos e certas coisas que vieram para ficar!


Bons acontecimentos e muito sucesso para todos. Senão neste finzinho de ano, 2010 não tarda à chegar!

2 comentários:

Talita Barroco disse...

Amiga, sucesso!
Vc merece tudo de bom e tenho certeza que 2010 será um ano de muitas realizações.

Te amo!
Bjs

Dama de Cinzas disse...

Boa sorte pra ti!

Beijocas