24 de maio de 2010

Eeeeiiiiiiii (((ATENÇÃO))): quem é vc?


Não tenho sido muito assídua do computador, principalmente da internet. Faço as coisas básicas como olhar e responder recados no Orkut, emails, postar algumas fotos, às vezes escrever um textinho pro blog, uma pesquisinha do curso e por aí vai. Coisas poucas. Há quem diga, ou melhor, acredito que a grande maioria da população mundial, vive conectada 24h por dia. Faz de tudo um pouco no computador e não vive sem ele. Já eu, acho que é uma grande ajuda em vários momentos desde entretenimento à acesso a informação. Mas não acho fundamental seu uso em tempo integral. Sempre que posso, recorro a outros tipos de recursos. Bom, enfim...

Então, entrando pouco, tenho falado pouco com meus contatos do MSN também. Sábado, fiquei um pouco mais e então um monte de janelas começou a pipocar na minha frente. Era um tal de gente chamando ao mesmo tempo cobrando oi, pedindo atenção, colocando emotions que eu fiquei doida! Desacostumei com este tráfego intenso de conversas, rs. E, fui falando, conversando, com uns mais, outros menos. Até que resolvi abrir a minha lista e ver quem estava on pra eu puxar um papinho e tal. Tomei um susto, minha lista tem mais de 200 contatos. E eu tenho certeza absoluta: não devo ter falado com a maioria dela mais do que uma ou duas vezes se quer. Mas, mesmo assim eu os mantive ali. Depois de meia hora tentando identificar quem era quem (pois tem gente que não coloca sua própria foto e no lugar do nome coloca um monte de códigos e desenhos que torna impossível a identificação do ser), percebi que tem gente ali que eu desconheço a origem. Completamente!

Assim como eu percebi, outras pessoas também. E começou um tal de: “- oi, quem é vc?”; “-oi, de onde vc é?”; ”- olá, não to lembrado de c, nos conhecemos de onde mesmo?”. PUTZ... doideira total. Como estas pessoas tinham ido parar dentro dos meus contatos. Obviamente, eu as adicionei. Mas não faço a menor ideia de quem sejam. Pelo menos hoje em dia, não mais. Algumas eu realmente tinha me convencido de que não sabia de onde tinham saído, outras eu lembrava vagamente de falar raramente, na época da azaração, rs. Outros estavam ali, mas eu jurava que nuca tinha falado! Adicionei nem sei o porque...

Fui tentando eliminar o excesso. Não sabia por onde começar. Fica aquela coisa: não falo hoje, mas amanhã, talvez! Rsrs... Alguns eu bloqueei porque são inconvenientes e não fazem mais parte de minha vida. Outros to até agora tentando saber quem é. E eu mesma fiquei me perguntando qual o sentido de tantas pessoas que eu não me comunico no MSN? Ta certo, a maioria eu conheço, mas mesmo conhecendo, porque ficar lá se eu não falo? Por status? MSN com lista extensa, na época que começou a febre era sinônimo de popularidade. Mas não estou certa de que tenha sido este motivo que me levou a ter “n” pessoas com as quais não falo, superficialmente ou quase nunca e que eu desconheço. Também tem aquela coisa de horário, né? À noite e de madruga bomba! De manhã é a galera que está no trabalho e entra cabulado, rs. Fiz muito isto! À tarde, os estudantes e geralmente os que estão ausentes (que largam o MSN ligado em tempo integral e nem em casa está), rs. Fora os que estão off e só falam com quem querem, sem serem vistos pelos contatos.

Resultado fiz uma limpa e posso dizer que até quem eu não reconheci rodou. Minha lista reduziu significativamente. E as perturbações de janelas abrindo ao mesmo tempo no meu computador, também! Me sinto até mais leve, rsrs.

Um comentário:

Dama de Cinzas disse...

Meu msn é super limpo, não tenho mais que vinte contatos... e falo de verdade assim direto com uns seis... E estou sempre limpando. Quando alguém deixa de me interessar, eu excluo da lista mas não bloqueio, então a pessoa tem a chance de me chamar se precisar, mas dificilmente chamam, acho que acabam me excluindo tb...

O segredo é não manter contatos que vc parou de falar por pelo menos 3 meses... Acho que daí dá pra retirar a pessoa da sua lista sem bloquear...

Beijocas