6 de maio de 2011

Prefiro acreditar nos animais...

Quanto mais decepções tenho na vida, mais me apego a uma célebre frase que não sei a quem atribuir, mas que começa a fazer todo e qualquer sentido num mundo ilusório, individualista, que só e explora e usa as pessoas ao seu bel prazer, comodidade e necessidade.

"QUANTO MAIS CONHEÇO OS HOMENS, MAIS GOSTOS DOS MEUS CACHORROS..."

Pôxa, vc se doa, dá o melhor de si, é competente, prestativa, está sempre prsente, se mostra interessada e disposta sempre e o que recebe em troca? Tapinha nas costas e parabéns pelo seu belo trabalho?

Isso só deveria bastar, mas a gente quer melhores reconhecimentos e recompensas, já que fomos tão bons assim...

Devia estar acostumada a isso, o mundo é assim, político, diplomático e interesseiro. Mas, não, me forço a ver sempre o lado bom das coisas e das pessoas e me enganar querendo acreditar na postividade das coisas quando td indica que a resposta é um NÃO bem grande!

Mais uma lição para eu anotar no meu caderninho e tentar aprender com ela. Pelo menos, posso voltar para casa e lá encontrar meus cachorrinhos, que estão sempre prontos a me retribuir, mesmo que nem ganhem nada em troca. Amizade e carinho desinteressado, descompromissado e sincera, leal! E hoje, é isso que me conforta...



Um comentário:

Dama de Cinzas disse...

Com o passar dos anos fui esperando cada vez menos das pessoas! Não sei se isso foi bom, mas pelo menos me preservou das constantes decepções.

Ainda me decepciono, óbvio, mas bem menos.

Beijocas