7 de janeiro de 2013

50 Tons: um vício chamado Christian Grey!




Sim, tive que me render a curiosidade do fenômeno do momento e aderir a leitura da trilogia 50 Tons de Cinza. Tive que conferir esse tal de Grey que não sai da boca da mulherada. Comecei bem depois da maioria e por mais duro que pudesse ter sido, tentei me manter alheia aos comentários apaixonados, libidinosos e sedentos por essa história. Mantive olhos e ouvidos selados até ler. Gosto de saborear a surpresa, rs. Embora o conteúdo picante do livro não fosse mais surpresa pra ninguém. Pedi de presente de natal ao meu marido lindo logo o box completo com a trilogia toda: 50 Tons de Cinca, 50 Tons de Cinza Mais Escuros e 50 Tons de Liberdade. Antes de ler já tive colhido opiniões diferentes de quem gostou  de quem não gostou. Há quem tivesse ficado encantado com o livro. Mas também tinha aqueles que diziam que não era nada demais e não entendia tamanho frenesi. Então, depois do natal, comecei a tão esperada leitura do 1º clássico da trilogia. Assim que li o primeiro capítulo, confesso que tive que pender apensar que a 2ª opinião da maioria começou a ganhar. Achei que seria apenas mais uma história com partes e cenas quentes e picantes e só. Sem muito conteúdo a fundo. A medida que avancei mais um ou dois capítulo e "fui presa, amarrada e dominada" pela história. Fiquei fascinada, queria mais e mais. Lia até altas horas da madrugada, ida e volta do trabalho, no intervalo dos afazeres domésticos. Tinha dias que passa a madrugada toda ou o dia todo lendo. Leitura que fluía fácil. Não queria ser incomodada, nem interrompida! Quanto mais eu lia, mais vontade de avançar e se aprofundar nos misteriosos olhos cinzentos e seus segredos eu tinha. Fascinada pelo crescente sentimento conturbado de Christian e Ana. E por mais perturbado e indecifrável que ele fosse não consegui não me apaixonar, de querer como tantas outras, um Grey pra mim! rs. 

Fora o estilo sedutor e envolvente de Grey, em determinadas partes do livro tive alguma identificação. Ana é uma garota comum, com uma vida simples, que não se acha bonita e junca tinha experimentado grandes paixões e experiências na vida. De uma hora pra outra, se envolve perdidamente por um homem totalmente problemático e confuso. Que a ama, mas admitir esse sentimento e se render a um relacionamento parece ser a coisa mais difícil do mundo. As questões de Ana, seus questionamentos, dúvidas, medos e receios em alguma parte da minha vida,  lá no passado, também fizeram parte de mim! Quem nunca foi jovem e se apaixonou perdidamente e ficou insegura? Quem nunca num relacionamento se sentiu com o pé atrás apesar do sentimento? Quem nunca em algum relacionamento pensou ser o problema, pensou não ser suficiente, pensou em desistir, achou que não daria certo, pensou que o exterior fosse maior que o exterior e se deixou sucumbir? Muita gente e dentre elas eu! De repente, uma paixão avassaladora invade sua vida e você se vê apaixonada por alguém que julga impossível de acontecer. E não é nada mais nada menos do que Grey, um homem rico, bonito, sedutor, por qual várias mulheres se derretem e que se encanta pelo 'patinho feio' sem nem ao certo saber porque. Quem nunca se apaixonou pelo popular da escola? Pelo garoto mais bonito da faculdade, por quem todas suspirava? Quem nunca olhou e cobiçou de longe o garoto dos sonhos? É uma história comum, de senso comum. Quem em algum momento toca em algum ponto dos leitores e os remetem às suas histórias particulares.

O 1° livro fala basicamente do início do relacionamento deles. De como se conheceram, como surge o interesse, de como dois mundos diferentes se encontram, como inserir alguém num mundo pervertido. A princípio impossível. Mas de onde menos se espera, surge uma paixão incontrolável entre os dois, que eles nem se dão conta de como estão totalmente envolvidos além do sexo, que é coisa corriqueira para um e novidade para outra. É uma novidade e eles não sabem como adaptar esse sentimento ao estilo de vida de cada uma e ainda tem a questão sexo onde cada um compartilha de um ponto de vida diferente. No 2º livro,  é o romance em si. Os dois já admitem o sentimento e tentam fugir dele desesperadamente pelo medo de se entregar e de se machucar. Mas, o que existe entre eles é mais forte. Mas existe um impasse, Grey tem uma vida conturbada e perturbada  vive atormentado e é problemático e terá que abir mão de muitas coisas e aderir à mudanças para ficar com seu amor. Só que para ele é muito difícil e Ana não sabe se estará disposta a tentar se arriscar. Aos pouquinhos, ele tenta de tudo para conquistá-la e mostrar que ela mudou seu mundo. - Ai que lindo! E não foi só a Ana, eu me apaixonei junto! rs. Enfim, para a alegria dos fãs, eles engatam um romance e um relacionamento firme e resolvem se casar. Mas, a problemática não se encerra aí. No 3° livro, discute-se a dificuldade de convivência, que todo casal passa quando se passado namoro para o casamento, ainda mais sendo de mundo e com valores diferentes. Há ainda algumas lacunas não preenchidas sobre os segredos de Sr. Grey. E as dificuldades do dia-a-dia fazem-nos dividir se serão capazes de superar as diferenças e vencer com o amor.. Bom, o final, não vou contar para quem não leu o livro, rs. Mas é o que todo mundo espera, na verdade.

É linda a história porque mostra também que quando se ama de verdade supera, muda e corre atrás. Não há medo de arriscar, há medo de perder! E que sempre se acha um meio termo conciliatório! "Paciência e fé" e o "benefício da dúvida" é sempre o que precisamos ter em mente, de fato! 

Grey, o que dizer dele, particularmente? Educado, encantador, nada simpático rs, cuidadoso, controlador e mandão. Ávido por sexo mas também é terno. A autora parece ter ouvido as milhões de vozes femininas no mundo a cerca de como deveria ser o homem ideal e o moldou minuciosamente à mão. Apesar de seu inconstante humor e sua grosseria e rispidez, por mais independente que sejamos, toda mulher quer alguém por quem se sinta cuidada, amparada e que às vezes, assuma as rédeas da situação, que tome alguma decisão. Claro, isso tudo dosado, rs. Nada de ser 'megalomaníaco por controle'. O modo como ele pensa nos presentes, as surpresas, como se coloca aos pés dela... ai ai, rs. Dividi muitas noites entre ele e o meu marido e confesso que ele ficou ate com um pouco de ciúmes, rs. Acho que todo home fica, pois nosso encantamento feminino é tudo. Fora, que ele é sempre bem arrumado, cheiroso, tem um corpo escultural, um olhar penetrante,  um toque caloroso, uma voz sedutora e sem falar de outras partes, rs.

E achei muito bom lançarem o livro primeiro para depois vir o filme, porque o melhor é o nosso imaginário. Sei que os atores para escalar o papel de Ana Steele e Christian Grey já foram escolhidos. Mas, de acordo com a minha imaginação, sob a minha ótica, assim eu vejo o casal sensação do momento:





História perfeita! Virei fã e mais uma apaixonada! E agora, nesse preciso momento, tô me sentindo órfã, rs. Parecia que minhas noites tinham um sentido que era afundar em suas histórias e viajar. Mas, como tenho os livros, quem sabe quando a saudade apertar demais eu não lei de novo? rs. Batei meu recorde: em 2 dias ei li os volumes II e III e ambos com mais de 400 páginas. Fiquei boba comigo mesma. Não sabia o tamanho da minha voracidade, rs. Agora eu entendo o frenesi contagiante. E nem é só pelo sexo totalmente exposto no livro. É por eles, sua paixão, o relacionamento, a conquista, o desejo, como ele consegue ser o centro do mundo para ela, apesar de seu jeito e como ela é a criptonita e o ar dele. Incansavelmente, eu amo!

Mas, nem posso reclamar. guardadas as devidas proporções, eu achei meu Grey, sem corpo escultural, sem dinheiro e sem grandes belezas, mas no restante dos quesitos... Amor e outras coisas a mais não deixa a desejar e é perfeito. Ele é o meu 50 Tons!

Ahhhhhhhhhhhhhh e que venha o filme logo... quero mais!!!! rs.
Bem que a autora podia lançar mais sobre eles, né? Ainda há tanto para ser explorado, rs. Ainda há, pelo menos, 47 Tons para desvendar, kkkkkkkkkkkkkkkk...




21 comentários:

Talita Barroco disse...

Amiga, os atores do filme ainda não foram divulgados. O que circula por aí de nomes é só especulação.
Há muitos teasers no youtube e na net, mas nada real, apenas de fãs.
Tô doida pra saber quem serão os escolhidos tb.
O Matt Bomer, esse da foto, é um forte candidato, mas talvez não seja o escolhido porque ele é gay na vida real e dizem que para a imagem do Grey não seria interessante.
Vamos ver!!!

Bjk

Fê Miceli disse...

kakakaka... eu sei amiga! Por isso q eu disse, do meu ponto da vista e sob a minha imaginação! rs. Eu de olhos fechados lendo o livro o imagino exatamente assim... rs.

Paulaaaa disse...

nao acredito que esse delíciaaa ai é gay?? :(((
mas ta aprovadíssimo pra ser o Sr. Grey S2

Anônimo disse...

por favor alguém pode me dizer se realmente terá um livro com a versão de christian. Estou enlouquecida para lê.

Tatiana Carvalho disse...

Olá! Estava lendo coisas sobre o livro e encontrei seu texto. Comecei a ler o livro assim como vc, meio desconfiada. E assim como vc eu amei e nao consegui largar... Até baixei as musicas citadas nos livros!!! E também assim como você torço pelo casal da foto, para que sejam os atores... Também os imagino assim... Gostei muito do que escreveu, foi bem o que penso...

K431 disse...

oieee, eu ainda estou lendo o primeiro, na época em que envio esse post. eh, eu sou homem, mas estou lendo pra ver como eh a história e vou te contar q estou gostando. a leitura eh facil, logico q aparecem algumas palavras q eu tenho q estar procurando no wikipedia, mas enfim... toh adorando... rsrsrsr

sabe, você disse q jah estah com saudade e tudo mais... mas pelo q tenho lido por aih, terá a versão de Christian. os pensamentos dele, desde a primeira vez q viu Ana, ateh o fim... e do mesmo jeito que Ana pensa o tempo todo "estou ruborizada" nesse exato momento "aparecerá" ele dizendo "eu estou deixando ela sem jeito"... bom ,saberemos oq christian pensa... e confeso q estou super curioso... rsrsrsr
gostei do que escreveu...
beijo, boa sorte nessa vida... *_*

Anônimo disse...

Tem que ser o Matt Bomer, não imagino outro para interpretar o Christian!!!adoro ele no seriado White Collar, e não ligo a mínima se ele é gay...

Anônimo disse...

realmente tambem me sinto orfã do Christian, um vazio imenso tomou conta do meu dia...ahhh christian. Tambem acho que o ator perfeito seria o Matt Bomer, e o fato de ele ser gay não tem nada a ver, se ele vai representar um pape,ele é o meu Christian, quando sinto saudades procuro uma foto dele e me sinto mais feliz.

Rogeria disse...

O que dizer deste livro? Ele é realmente fascinante, com uma história que nos prende ainda mais a cada capítulo. Concordo que a autora deveria escrever mais sobre esse casal. É como se estivéssemos ficando órfãos do Grey. Pessoal, Matt Bomer é perfeito para o papel. Não importa se ele é gay ou não, já vi o trailler e ele caiu como uma luva para o papel. O quem importa é ele nos impressionar com sua atuação e mostrar na prática aquilo que tanto imaginamos ao ler o livro.

Betha Veyra disse...

Meu DEUS, um homem desses gay?????
Esse seria o Sr. Grey mais perfeito para realizar todas as fantasias.
O livro me mostrou q tenho passado pela vida fazendo sexo baunilha.
Gostaria de ser Ana Steele uma unica vez.
Adorei a trilogia. Preciso de mais.

Anônimo disse...

Eu realmente me apaixonei por Grey e ele é o verdadeiro personnagem que carrega os tres livros nas costas e nos faz querer mais Grey!

MixDown disse...

Nossa colega! você conseguiu descrever todas as minhas sensações, pensamentos, divagações,tudo que eu realmente consegui sintetizar sobre o livro.. e COM CERTEZA IMAGINO ESTES DOIS ATORES ENQUANTO LEIO O LIVRO.. parece que a autora olhou para eles antes de começar a escrever os livros.. começo o 3º livro hoje mesmo afoita para desvendar o que resta dos segredos.. mas pelo que você comentou não será possível, ainda faltam partes para se encaixar certo? AMEI o que você escreveu.. continua postando novidadesss. bjokas

Larissa Rossi disse...

OBS: o post anterior era meu.. entrou no perfil errado, então ai vai minha mensagem agora: Nossa colega! você conseguiu descrever todas as minhas sensações, pensamentos, divagações,tudo que eu realmente consegui sintetizar sobre o livro.. e COM CERTEZA IMAGINO ESTES DOIS ATORES ENQUANTO LEIO O LIVRO.. parece que a autora olhou para eles antes de começar a escrever os livros.. começo o 3º livro hoje mesmo afoita para desvendar o que resta dos segredos.. mas pelo que você comentou não será possível, ainda faltam partes para se encaixar certo? AMEI o que você escreveu.. continua postando novidadesss. bjokas

Anônimo disse...

O Grey é a coisa do momento acabei de 50 tons de cinza e estou louca enfurecida por ainda não ter comprado os 50 tons mais escuros. Estou apaixona por Christan. Acabei de ler o livro enquanto estive lendo sonhei com o Sr. Grey todos os dias... ApaixonadapeloGrey.com...

Ivi Margarete disse...

rsrsrrsrs Que demais. Acabei entrar no Google para procurar o rosto do Sr. Grey, pois estou apaixonada por ele também, embora o meu marido seja um Sr Grey, pero lhe falta todo o dinheiro que o homem dos 50 tons tem.
Estou ainda no 1º livro quase no final pag. 449 quando ela acabou de tomar 6 golpes de correia no traseiro kkkkk. Isso não me deu tesão nenhum
Bom, voltado acabei lendo só a metade do seu texto, pois não quero sofrer influencias. Volto aqui depois que terminar os outros 2.
Adorei o Blog.
E torço para que sejam esse gatinho e gatinha por que é assim que eu os imagino.
Beijos
Ivi M.

fernanda gomes disse...

Olá meninas,
Leiam tb Toda Sua,Profundamente Sua.

Laís Souto disse...

Já tem o livro na versão do Christian, inclusive eu já li. Mas é apenas uma fanfic...

Erica disse...

Meu Grey é o Mat Bommer, mesmo que escolham outro o meu Sr. Grey será ele,confesso que fiquei depressiva após ter terminado de ler a trilogia a vida ao mundo real é tão triste, então resolvi ler novamente pela terceira vez....rs.

Daiana Almeida disse...

Bom dia aos amantes dos 50 tons...
Fê Miceli,me identifiquei muito sobre o que você escreveu e esses atores realmente seriam perfeitos para os papeis independente de suas vidas sexuais, pois a autora os descreve exatamente assim...
Fiquei fascinada pelo livro e por coincidência tenho um Christian na minha vida que por sinal ficou com ciúmes pelo meu fascínio referente aos livros e claro que o Christian Grey é um sonho, mas estou muito satisfeita com o meu Christian Mohammed... Mas é impossível não ler e se imaginar no lugar da Ana, até mesmo a forma escrita pela autora ajuda a ter essa sensação, já li muitos livros, mas essa ficção tornou- se a minha preferida...
Torcendo muito para serem esses os atores do filme, pois vai ficar excelente pela semelhança física descrita pela E L James.

Anônimo disse...

o Ian Somerhalder tem que ser Christian Grey ele seria totalmente perfeito para este papel ,ele tem olhos penetrantes como Grey,e se ele for como o Damon salvatore na serie diários de um vampiro vai completamente perfeito.Um homem cuidadoso,quente, ele sabe com encantar uma mulher

Anônimo disse...

Eu acho o Matt Bomer lindo demais e a cara do Mr. Grey, mas devo dizer que o fato de ele ser homossexual na vida real me desencantou um pouco com ele como Christian Grey. Bom, acho que o gato do Jamie Dornan com aqueles olhos cinza vai arrancar muitos suspiros (os meus, ele já arranca).