30 de junho de 2009

Olhar o horizonte e seguir em frente!

Certa vez um amigo porra louca, me disse isto. E eu, tentei imaginar o significado da frase. Foi quando ele me solta a pérola: “Não tem! É subjetivo. Quando chegar o momento ela vai fazer sentido, simplesmente”! Bom, de cara não levei a sério e tratei o assunto como mais uma conversa sem pé nem cabeça que amigos têm no barzinho da esquina em algum período da faculdade.

Com o passar dos anos, a cada situação difícil que atravessava, a frase me vinha à mente e sem precisar de nenhuma explicação, o sentido se dava. Nem sempre era possível olhar o horizonte, muitas vezes estava focada olhando o chão se abrir diante de meus pés e eu, sem conseguir fazer nada. Mas, quando o desespero passava e eu voltava para meu objetivo principal, me sentia no rumo da frase de novo. É como se ela me impulsionasse.

De uns tempos pra cá, não sei avaliar se pelo avanço da idade ou pela percepção agora aguçada de que o tempo não pára e nenhum momento volta atrás, resolvi não me deixar esmaecer diante dos meus sonhos. Vou focar cada vez mais e, por mais que seja obrigada pelas circunstâncias da vida a procurar outra rota, não vou me desligar do meu caminho. Tenho um desejo incontrolável por viajar. Pena que o dinheiro me falte muitas vezes! Mas fico fascinada com revistas e documentários acerca de outros países, culturas e paisagens. Se dependesse de mim gostaria de conhecer um pedacinho de cada lugar e trazer todos dentro de mim.

Por conta das responsabilidades que nos embutimos, que terceiros nos cobram e pelas regras da vida, acabei por “desistir” de muitos dos meus objetivos. Pelo fator financeiro, pela incerteza de progresso e sucesso, pelos muitos obstáculos que se encontravam no meu caminho. Mas, depois de uma boa conversa com minha terapeuta (ô pessoa abençoada em minha vida, rs) resolvi pegar a frase, guardadinha lá no fundo do meu baú e colocar em cima da cama.

E é impressionante, quando determinamos algo, temos perseverança e coragem para correr atrás, ninguém nos detém. Somos tomados por uma força descomunal. E, por conta disto tudo, meu início de lugares viajados começará em breve: Um cruzeiro! A iniciativa de sacudir a poeira dos “contras” e das mil possibilidades de “não vai rolar” a viagem, resolvi me apegar ao “porque eu quero tanto, eu vou conseguir!”. E entendi que não posso ser obstinada apenas para um campo na minha vida. Olhei demais para tudo e todos e esqueci de mim, do que acho prioridade, das coisas importantes, o que faz diferença, o que me deixa feliz! Não sei se vou fazer valer como fórmula certa, mas com certeza neste instante é o combustível primordial para que eu sobreviva neste mundo tão sem tempo pra nós.

“Nunca desista dos seus sonhos”

Augusto Cury

2 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Determinação é uma de minhas qualidades, eu foco algo bem longe, pode ser o tal horizonte e sigo em frente, passando por todos os revezes... Foi assim que consegui muita coisa na minha vida... O que joga contra isso é minha preguiça... Sou bem preguiçosa, mas sou mais determinada que preguiçosa... rs

Obrigada por sua visita!

Beijocas

Analu disse...

Olá querida...amei o Blog. Seus textos são lindos e cheios de energia. Obrigado pelo "pessoa abençoada" :o ). E é isso mesmo...a fórmula é SONHAR+DESEJAR+ACREDITAR+AGIR!!! Tudo é possível...SEMPRE! Beijo!!